quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Bolsonaro deu uma rasteira na ORCRIM - COM O ANTAGONISTA

Bolsonaro deu uma rasteira na ORCRIM


Em setembro do ano passado, o PEN moveu uma ação no STF para impedir a prisão dos condenados em segunda instância.
A ação, coordenada por Kakay, amigo de José Dirceu, conta com o voto favorável da maioria dos ministros, porque Gilmar Mendes resolveu bandear para o lado de lá.
Ao exigir a retirada da ação por parte do PEN, Jair Bolsonaro dá uma rasteira na ORCRIM e ajuda concretamente a Lava Jato.
O presidente do partido, de fato, disse que pretende acolher o pedido de Bolsonaro:
"Os presidentes estaduais do PEN não vieram do país todo para discordar de você, presidente. Vou chamá-lo de presidente porque estamos aqui para ajudar a fazê-lo presidente. Lutei pela Justiça e estou pronto para retirar a ação se os advogados do presidente acharem necessário".
Sim, é necessário.
A ação do PEN, se for julgada, vai livrar Lula da cadeia.

Um comentário:

  1. O ex-presidente Lula fez duras críticas ao Ministério Público e ao juiz Sergio Moro na noite desta sexta-feira 11, durante ato no Rio de Janeiro em defesa do Estado Democrático de Direito, realizado na UFRJ.

    "Se eles têm coragem de dizer que eu roubei, eu tenho coragem de dizer que eles já fizeram coisa bem pior", discursou. "Eu não tenho que provar minha inocência, eles é que têm que provar minha culpa", completou Lula, que foi condenado a 9 anos e meio de prisão no caso triplex.

    "A única coisa que deve permear a decisão de juiz são os autos do processo, e não interesses políticos", alfinetou Lula, em referência a Moro. "Com que direito um cidadão, mesmo sendo juiz, tem para contar uma mentira ao meu respeito e dizer que roubei?", questionou o ex-presidente.

    "Se eles têm coragem de dizer que eu roubei, eu tenho coragem de dizer que eles já fizeram coisa bem pior. E eu volto aqui pra pedir desculpa pra vocês se eles provarem que eu tenho 1 real roubado na minha conta", disse.

    Sobre as eleições, Lula disse que "precisamos juntar os cacos da esquerda nesse País e voltar a governar". Ele ironizou ao dizer que o PT, sozinho, chamado de "organização criminosa", é o único partido com chances de vencer as eleições, segundo as pesquisas.

    Em referência aos políticos que tomaram o poder, especialmente o PSDB, Lula ressaltou: "Tudo o que eles conseguiram fazer nesse país contra nós foi parir um Bolsonaro".

    O petista também comentou a crise por que passa o Estado do Rio de Janeiro. "O povo não merece passar o que está passando. O Estado do RJ não merece passar por isso".

    ResponderExcluir